Planejamento estratégico de marketing: o que é + dicas para elaboração

Planejamento estratégico de marketing: o que é + dicas para elaboração

Estruturar o seu planejamento estratégico de marketing é um dos primeiros passos para conquistar mais e melhores resultados para sua empresa. Assim, seu negócio pode atingir objetivos como atração e fidelização de clientes, aumento de faturamento, estabelecimento de autoridade de mercado, entre outros.

Para que isso seja possível, sua empresa precisa seguir alguns requisitos importantes como a criação de persona, elaboração de objetivos e metas e mais algumas etapas que vão ajudar a direcionar seu plano estratégico.

Nós vamos te ajudar nessa missão. Ao longo deste artigo você vai conferir dicas de como criar o seu planejamento de marketing. Continue lendo e tenha acesso às seguintes informações:

  • O que é planejamento estratégico de marketing?
  • Dicas para elaboração do seu plano de marketing estratégico

O que é planejamento estratégico de marketing?

Planejamento estratégico de marketing pode ser definido como um conjunto de ações que vai estruturar os esforços do setor, direcionando-os de forma planejada até a conquista dos resultados. 

Portanto, essa estratégia serve como um guia para o time de marketing sobre o que deve ser feito e quais resultados são almejados.

Além disso, o plano de marketing ajuda o setor a se manter competitivo. Para isso são realizadas análises de mercado e concorrência, de modo a fortalecer suas forças e minimizar os riscos.

– Leia também: Planejamento estratégico de vendas: o que é + dicas para elaboração

Dicas para elaboração do seu plano de marketing estratégico

Para que sua empresa seja capaz de direcionar as ações de marketing de forma eficiente, é preciso seguir alguns passos necessários para estruturação do plano estratégico. Listamos abaixo algumas dicas de como isso deve ser realizado. Veja!

1. Análise de mercado 

O primeiro passo para elaborar o seu planejamento estratégico de marketing deve ser a realização de uma análise de mercado. É muito importante que você seja minucioso quanto às particularidades do setor no qual sua empresa está e entenda de que forma isso afeta o seu posicionamento.

Nesse sentido, você deve fazer uma análise de seus concorrentes, de modo que seja possível construir um comparativo das suas entregas com a de outros competidores.

2. Análise SWOT

A Análise SWOT é uma metodologia utilizada para fazer diagnósticos estratégicos, a partir da análise do ambiente interno e externo.

SWOT é uma sigla para as palavras em inglês strengths, weaknesses, opportunities e threats que significam, respectivamente, forças, fraquezas, oportunidades e ameaças (FOFA). 

As forças e fraquezas relacionam-se ao ambiente interno (“olhar para dentro”), enquanto que as oportunidades e ameaças estão relacionadas a fatores externos (“olhar para fora”). O ambiente interno pode ser controlado, já o ambiente externo está fora do controle da organização, o que não impede de realizarmos ações que podem fazer com que mitiguem ameaças e aproveitemos oportunidades.

– Leia também: Análise SWOT cruzada (TOWS): como aplicar essa ferramenta em seu negócio?

3. Crie sua persona 

Um dos passos mais importantes do seu planejamento estratégico de marketing é a criação da sua persona. Esse termo se refere ao perfil de cliente ideal da sua empresa. Identificá-lo é de suma importância para que você consiga direcionar seus esforços de forma mais eficiente.

É fundamental ser o mais minucioso possível na descrição dessa persona. São alguns pontos importantes a serem considerados:

  • Profissão do cliente ideal;
  • Idade;
  • Principais interesses;
  • Grau de escolaridade;
  • Principais desafios;
  • Hobbies;
  • Quais são os seus valores.

Para definir a sua persona você pode realizar uma pesquisa com clientes atuais, inclusive realizando entrevistas presenciais se possível.

Sua empresa pode ter mais de uma persona, o que pode ajudar na segmentação de campanhas para públicos diferentes. Mas, não recomendamos a criação de mais de 4 perfis. 

4. Defina os canais 

O seu plano de marketing deve ainda descrever quais os melhores canais para se comunicar com o seu público-alvo. Após realizada a análise de mercado, você já terá um entendimento de quais deles serão mais estratégicos para o seu negócio.

Portanto, é hora de descrever todos eles para em seguida estruturar planos de ação para cada um.

São algumas das possibilidades de canais:

  • Mídia paga (Facebook e Instagram Ads, Google Ads, etc);
  • Presença em eventos;
  • Mídia offline (panfletos, outdoors etc);
  • Mídias sociais (Facebook, Instagram, etc);
  • Conteúdos para blog, e-mail marketing.

5. Estruture seu mix de marketing

Outro passo importante para o seu plano estratégico de marketing é seu mix de marketing e definição dos 4Ps do setor. São eles:

  • Produto: aqui você deve descrever tudo relacionado ao seu produto, como materiais, forma de fabricação, características próprias, entre outros;
  • Preço: relacionado a precificação. Quanto vai custar? Qual a sensibilidade do cliente ao preço? Qual é a comparação com o mercado?
  • Praça: diz respeito aos locais onde seu produto será vendido. Online ou loja física? Quais serão os canais de distribuição?
  • Promoção: tudo relacionado às estratégias de divulgação do produto.

6. Defina seus objetivos

Objetivos do planejamento estratégico de marketing

Aqui você deve definir quais são os principais resultados almejados com as suas estratégias de marketing. Seus objetivos devem ser mensuráveis, relevantes para o negócio além, claro, de viáveis de serem alcançados. 

Uma metodologia interessante para ajudar seu time de marketing a definir os objetivos é a de OKR. Nesse caso, você deve envolver toda a equipe na implementação da OKR de marketing e deve realizar o acompanhamento em ciclos que, em geral, giram em torno de 2 a 3 meses. Ao final desses ciclos, as metas são reavaliadas, podendo ser mantidas ou modificadas quando elas perdem seu propósito.

– Leia também: Objetivos e metas de marketing: 6 indicadores que todo gestor deve seguir

7. Defina seus planos de ação

Além dos objetivos, seu time de marketing precisa ter claro também quais serão os planos de ação propostos que vão ajudar a empresa a alcançar os resultados esperados.

Além de listar o que será feito, é importante também estabelecer os responsáveis por cada tarefa, assim como o prazo para que isso seja realizado.

8. Tenha indicadores-chave de desempenho

Além de objetivos e metas, seu time de marketing também vai precisar definir os indicadores-chave de desempenho para acompanhar a eficiência das ações.

São alguns KPIs interessantes de serem acompanhados pelo setor:

  • Custo por Clique (CPC);
  • Taxa de Conversão;
  • Taxa de abertura de e-mails;
  • Retorno sobre o investimento (ROI).

Você deve avaliar quais são os objetivos do seu negócio e definir os indicadores a partir disso. Por exemplo, se você almeja aumentar o seu número de clientes, é interessante acompanhar métricas como a de taxa de conversão e a de custo por clique.

9. Conte com o suporte de um software de planejamento estratégico

Você sabia que existem plataformas que podem ajudar seu negócio na elaboração e atualização de um planejamento estratégico de marketing? O software Scopi é uma delas.

A ferramenta de planejamento estratégico traz um passo a passo que facilita a montagem do seu plano e ajuda no monitoramento da execução, com seus avisos e painéis de controle.

Além disso, ele integra em um só lugar outras ferramentas importantes como a própria Matriz SWOT, além do mapa estratégico, indicadores, metas, projetos e processos. Você pode ainda criar indicadores customizáveis de acordo com as necessidades do seu negócio.

Com o Scopi, fazer gestão é mais fácil e eficaz!

– Leia também: Utilizando o Scopi para fazer um planejamento de marketing e comunicação do início ao fim

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *