Mundo BANI: o que é, principais características e como adaptar o seu negócio

O ambiente corporativo vive em constante mudança, por isso, é fundamental que as empresas tenham capacidade de analisar o cenário atual para estarem preparadas para os desafios que serão enfrentados. O Mundo BANI é um conceito que ajuda nesse sentido.

Isto é, o conceito traz reflexões importantes sobre a realidade da economia e sociedade como um todo e instiga os negócios a pensarem com criticidade a respeito de seus papéis nesse cenário. Como se adequar ao novo? Como antecipar as mudanças? O que precisa ser feito para se manter competitivo?

Todas essas perguntas podem ser respondidas segundo a premissa do mundo BANI. Ao longo deste artigo vamos explicar tudo sobre esse assunto, então continue lendo e confira as seguintes informações:

  • O que é o mundo BANI?
  • Qual a relação entre Mundo BANI e VUCA?
  • Em um Mundo BANI, invista em um software de planejamento estratégico 

O que é o mundo BANI?

Mundo BANI é a sigla em inglês para Brittle, Anxious, Nonlinear y Incomprehensible, que em tradução livre significa Frágil, Ansioso, Não linear e Incompreensível. 

O conceito foi criado em 2018 pelo antropólogo norte-americano Jamais Cascio, mas ganhou relevância no ambiente corporativo em 2020, com a incidência da pandemia de coronavírus.

A metodologia traz um olhar principalmente para a aceleração digital que estamos acompanhando nos últimos tempos, e que foi ainda mais perceptível durante o período da pandemia.

Além disso, o Mundo BANI também tem o objetivo de manter as empresas alertas sobre os desafios provenientes dessas mudanças no ambiente corporativo, que podem deixar os negócios fragilizados quando estes não encontram-se preparados.

A seguir vamos explicar o que significa cada uma das siglas que dá o nome ao conceito.

1. Frágil (Brittle)

O primeiro termo do conceito evidencia o fato de que vivemos em um mundo frágil e incerto, ou seja, tudo pode mudar a qualquer momento. Logo, é fundamental que as empresas estejam preparadas para lidar com todo tipo de adversidades. 

Durante a pandemia esse fator se tornou ainda mais claro, uma vez que tudo aquilo que tínhamos como previsível esvaiu-se e todos precisaram lidar com uma realidade nova, deixando toda a economia fragilizada.

Portanto, um planejamento de contingência que deixa a empresa preparada para situações atípicas é de suma importância para manutenção plena das atividades do negócio.

2. Ansiedade (Anxious)

A ansiedade referida no conceito de Mundo BANI está relacionada a duas premissas principais: direcionamento de foco e pessoas. 

Sabemos que a ansiedade é uma emoção natural em períodos de incerteza, o que leva os negócios (e pessoas) a terem um senso de urgência ainda maior. Mas, esse sentimento precisa ser controlado e bem direcionado para evitar decisões abruptas e não estratégicas.

Quanto à gestão de pessoas, as empresas precisam preparar suas equipes para que todos sejam capazes de lidar com os desafios enfrentados. Afinal, não é fácil lidar com situações de incertezas, mas é fundamental que as pessoas estejam aptas para performar bem mesmo neste cenário.

O direcionamento de foco trata das estratégias adotadas nessas situações. É preciso agir com urgência, mas mantendo a cautela e foco nos resultados. 

Em geral, o tempo de reação em períodos de incerteza é curto, portanto, a margem para erros é pequena. Por isso, as organizações precisam tomar decisões e realinhar as rotas do planejamento estratégico no menor tempo possível.

3. Não-linearidade (Nonlinear)

A não-linearidade é uma premissa intrínseca de períodos de incerteza, sendo esta um dos grandes desafios para as empresas. Afinal, como alterar tudo o que foi planejado em um curto período de tempo?

Portanto, aqui é interessante evitar planejamentos muito amplos e de longo prazo. O mais eficiente é focar em ações de curto prazo e com foco bem direcionado, dessa forma evitamos que as constantes mudanças desses períodos atrapalhem o andamento das estratégias.

4. Incompreensível (Incomprehensible)

O conceito de incompreensão está relacionado ao fato de que em períodos de adversidade e também por conta do avanço tecnológico, estamos submetidos a um excesso de informações a todo momento.

Essa quantidade de informações somadas às mudanças constantes costumam deturpar a compreensão da realidade. Nesse sentido, é comum que muitas empresas tomem decisões com base em dados imprecisos.

Portanto, nesses momentos é preciso manter a calma, de modo a ter clareza de qual é o melhor caminho a ser seguido e não se deixar levar pelo desespero do momento. 

– Leia também: Planejamento estratégico: tudo para você criar e por em prática o seu

Qual a relação entre Mundo BANI e VUCA?

O Mundo BANI é visto por muitos estudiosos como uma evolução do Mundo VUCA, conceito que está relacionado com a rapidez das mudanças no mercado e como os negócios precisam desenvolver táticas flexíveis a todas essas variações.

Para entendermos melhor a relação entre ambos, falaremos sobre o conceito de mundo VUCA. Seu surgimento ocorreu em 1990, no final da Guerra Fria. Na época, os soldados estadunidenses torciam para que o desfecho da guerra fosse favorável a eles e ao país, mas, na verdade, estavam diante de um cenário imprevisível.

A partir disso, as estratégias traçadas pelas forças armadas sofreram mudanças drásticas de um dia para o outro — surgindo, então, o acrônimo VUCA, formado por características que foram marcantes para esse momento:

  • Volatility (volatilidade);
  • Uncertainty (incerteza);
  • Complexity (complexidade);
  • Ambiguity (ambiguidade).

No mundo corporativo, o conceito VUCA se introduziu a partir de 2008, uma vez que as organizações entenderam que o “cenário de guerra” também é reproduzido no mercado econômico com acontecimentos imprevisíveis e incertos.

Basicamente, a velocidade que as tecnologias e novas ferramentas estão surgindo no mundo forçou o capitalismo a olhar para si mesmo, trazendo complexidade para todos os âmbitos e gerando visões diferentes devido a ambiguidade que esse excesso de informação pode causar.

Foi apenas em 2018 que Cascio observou que o conceito do Mundo VUCA estava se tornando obsoleto, visto que nossa sociedade passou a enfrentar novos desafios.

Sendo assim, ele propôs a criação do BANI, de modo que as empresas poderiam ter um entendimento ainda mais aprofundado da realidade nas quais elas estão inseridas. O autor traz uma reflexão entre ambos conceitos em seu artigo oficial.

“Um paralelo intencional com VUCA, BANI é uma estrutura para articular as situações cada vez mais comuns nas quais a simples volatilidade ou complexidade são lentes insuficientes para entender o que está acontecendo”.

– Saiba mais em: Mundo VUCA e BANI: o que difere esses conceitos?

Em um Mundo BANI, invista em um software de planejamento estratégico 

O Mundo BANI trata sobre as incertezas que todas as empresas enfrentam em suas rotinas e sobre a importância de se criar um planejamento para lidar com elas com mais precisão.

Investir em um software de planificación estratégica como o Scopi, por exemplo, pode ser a solução ideal para ajudar seu negócio a traçar as melhores estratégias, assim como coletar e organizar as informações que são mais cruciais para o seu negócio.

Com o Scopi você consegue fazer o diagnóstico estratégico e identificar riscos, além de acompanhar os principais indicadores do seu negócio. Outras funções como gestão de processos, projetos e tarefas também estão disponíveis. O Scopi avisa quando algo está por vencer ou atrasado e tem um APP que permite acessar as informações a qualquer momento e de qualquer lugar.

Aproveite para conhecer mais sobre o software Scopi e tenha o seu modelo de gestão estratégica estruturado.

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *