Planejamento estratégico pessoal (PEP): o que é, como fazer e exemplo

Planejamento estratégico pessoal (PEP): o que é, para que serve e como fazerTodos nós temos sonhos, que só poderão se tornar realidade se trabalharmos para isso. Trabalhar aqui significa colocar em prática o que foi planejado, o que implica em ter um bom planejamento estratégico. Neste caso, estamos falando de um planejamento estratégico pessoal, o PEP.

Que futuro você deseja para a sua vida profissional e pessoal? Quais são as suas metas e os seus projetos?

Continue a leitura e saiba mais sobre o assunto. Até o final do artigo, confira:

  • O que é planejamento estratégico pessoal e por que ele é importante?
  • Para que serve um planejamento estratégico pessoal?
  • Como fazer um planejamento estratégico pessoal eficaz?
  • Dicas para um planejamento estratégico pessoal bem-sucedido

O que é planejamento estratégico pessoal e por que é importante?

A expressão planejamento estratégico muitas vezes lembra algo complexo, trabalhoso e que consome muito tempo. Porém, esta é uma visão distorcida.

A complexidade é cada um que determina, já o tempo que se leva para montar um planejamento é bem menor do que o tempo que se perde com as tentativas e erros, quando saímos fazendo, sem o mínimo de planejamento.

Desta forma, você não tem desculpas para não realizar seus sonhos: transformá-los em metas por meio do planejamento estratégico pessoal e trabalhar para fazê-los realidade.

Portanto, o PEP vai contribuir para dar mais objetividade para seus sonhos, além de trazer outros benefícios, como:

  • Definição de metas claras;
  • Identificação de prioridade;
  • Maior foco/produtividade;
  • Melhor gerenciamento do seu tempo;
  • Ajuste de rotas se e quando necessário;
  • Melhoria na qualidade de vida.

Em resumo, o planejamento estratégico pessoal coloca você no melhor caminho para atingir suas metas.

Para que serve um planejamento estratégico pessoal?

Bem, um planejamento estratégico pessoal serve para tudo. Tudo, mesmo! Veja:

autoria de um livro

carreira 

prática de um esporte

independência financeira

desenvolvimento pessoal

progresso profissional

saúde

abertura de uma empresa

perda de peso

Como fazer um planejamento estratégico pessoal eficaz?

Seu planejamento estratégico pessoal será seu plano de vida. Acompanhe o roteiro que preparamos para guiar a elaboração e o acompanhamento do seu PEP.

1. Pense na sua filosofia

Qual é a sua missão na vida? E a sua visão de futuro? Quais valores norteiam o seu dia a dia?

2. Analise a si e o mundo

Lance um olhar analítico para as suas capacidades e limitações. Observe ao redor e identifique as oportunidades e as ameaças.

3. Defina seus objetivos e metas

Onde você quer chegar, na vida profissional e na vida pessoal? Quer ter filhos? Viajar? Escrever um livro?

É fundamental que você tenha bem claro qual é seu objetivo, e é possível ainda definir mais de um. Aqui é interessante deixar claro quais são de curto, médio e longo prazo.

Para cada objetivo específico, defina metas que vão te ajudar a conquistá-los. Cuidado para não impor metas absurdas e impossíveis de serem atingidas.

Por exemplo, digamos que seu objetivo seja conseguir um novo emprego. Logo, você pode colocar como meta finalizar um curso ou ainda investir em aprender uma nova língua, entre outros pontos que podem ser realizados e que vão te direcionar ao seu objetivo.

4. Estabeleça prioridades

Um erro muito comum no planejamento estratégico pessoal é a falta de definição de prioridades. Se você focar em muita coisa ao mesmo tempo, dificilmente conseguirá realizar suas metas da melhor forma possível.

Por isso, é fundamental que você organize seus objetivos em ordem de prioridade. Comece por aquilo que você mais deseja conquistar nesse momento e dedique toda a sua atenção a isso. Conforme for realizando suas metas, vá passando para os próximos passos da sua lista.

5. Planeje suas ações de forma realista

Você já sabe quem é, onde está e o que quer conseguir. Chegou a hora de planejar o caminho, definindo as ações e quando realizar.

Aqui seja o mais minucioso possível. É interessante criar uma lista de tarefas e organizá-las em um cronograma, que pode ter ações a serem realizadas diariamente, uma vez ao mês ou daqui a um ano.

Para deixar esse passo ainda mais claro para você, listamos algumas ações que poderiam ser planejadas por uma pessoa que está buscando um novo emprego. Veja:

  • Estudar 3 horas por dia sobre a sua área de atuação;
  • Montar currículo de forma mais estratégica;
  • Fazer pelo menos uma nova entrevista de emprego por mês.

Essa lista pode conter quantos passos você quiser. Mas lembre-se, ela deve ser realista e possível de alcançar. Não adianta você definir uma série de ações e não conseguir realizá-las por falta de tempo.

– Leia também: Plano de ação: o que é e como fazer?

6. Mensure seus resultados

Crie seus próprios indicadores e mantenha tudo atualizado. Eles apontarão se os objetivos estão sendo atingidos.

É interessante que você crie planilhas para facilitar o monitoramento do seu progresso. Neste artigo explicamos como fazer planilha de indicadores no excel. Leia e aplique em seu PEP.

7. Ajuste os desvios

Entenda que você pode, sim, estar errando e avaliando os resultados você poderá melhorá-los.

Dicas para um planejamento estratégico pessoal bem-sucedido

Além de seguir os passos citados acima, é importante que você siga algumas boas práticas para facilitar a execução do seu planejamento estratégico pessoal. Listamos algumas dicas abaixo:

1. Estabeleça rotinas e hábitos

Um dos pontos mais importantes de todo planejamento estratégico é a continuidade, ou seja, é fundamental que as ações propostas façam parte da sua rotina. Não adianta você criar todo um plano e não colocá-lo em prática, ou abandoná-lo em algumas semanas.

Crie um hábito de acompanhá-lo diariamente. Crie checklists, lembretes, enfim, recursos que ajudarão a transformar isso em uma rotina. Assim, você conseguirá realizar suas tarefas e se aproximar de suas metas.

2. Seja flexível

Planejamento estratégico é suscetível a mudanças, portanto, não se prenda naquilo que você definiu em um primeiro momento. 

As circunstâncias podem mudar e é importante ser capaz de adaptar seu plano estratégico para acomodar essas mudanças.

3. Cuide de sua saúde mental e física

É importante garantir que você esteja fisicamente e mentalmente apto para seguir seu plano estratégico. Isso pode envolver, por exemplo, a manutenção de uma alimentação saudável, a prática regular de exercícios e a gestão do estresse, com auxílio de um profissional, como psicólogos e/ou psiquiátricas, quando necessário.

4. Conte com o suporte de um software especializado

Tenha coragem para transformar seus sonhos em realidade! Coloque tudo no papel ou no Excel. Para ficar melhor ainda e facilitar a sua vida, use o software Scopi.

O Scopi, software de planejamento estratégico, ajuda você em todas as etapas citadas aqui. Ele integra em um só lugar ferramentas importantes, que podem ser úteis na definição das etapas, como a Matriz SWOT, além do mapa estratégico, indicadores e metas.

Para aprender mais sobre Planejamento Estratégico, leia o Guia Prático do Planejamento Estratégico! E também confira o meu plano estratégico pessoal para um exemplo prático sobre o assunto!

EXEMPLO DE PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO PESSOAL 2024-2025 

MEU PROPÓSITO DE VIDA

Construir uma vida digna de felicidade e ajudar outras pessoas a construírem as suas (o trabalho e o voluntariado ajudam neste sentido)
 

MEUS OBJETIVOS ESTRATÉGICOS

1.Perspectiva das relações

  • Ter um vínculo afetivo com a família, amigos, sociedade e natureza.

2.Perspectiva financeira

  • Ter uma condição financeira que me dê segurança e conforto.

3.Perspectiva da mente

  • Ter uma mente em aprendizagem constante, de bem consigo mesma.

4.Perspectiva do corpo

  • Ter um corpo saudável que me garanta autonomia e bem estar.

13 AÇÕES PARA ATINGIR OS OBJETIVOS:

Perspectiva das relações:

  1. Estar junto da família, dos amigos e dos colegas de trabalho.
  2. Auxiliar ONGs sem fins lucrativos que realizam projetos sócio- ambientais.

Perspectiva financeira

  1. Montar uma reserva financeira, gastando menos do que recebo.

Perspectiva da mente

  1. Trabalhar na Scopi.
  2. Ler e escrever.
  3. Assistir bons filmes.
  4. Fazer psicanálise.
  5. Viajar.

Perspectiva do corpo

  1. Tomar água.
  2.  Manter uma alimentação balanceada.
  3. Fazer exames médicos de rotina.
  4. Praticar um esporte (beach tenis).
  5. Fazer musculação.
     

MEUS VALORES PREDILETOS (MUITOS PRECISO AINDA APRENDER)

  • Amor a si e ao outro: sentimento que une, sem o qual é impossível, viver.
  • Coragem: força que nos faz enfrentar o inimigo, o medo, a dor, as agruras da vida.
  • Honestidade: respeito às leis, aos direitos e deveres do indivíduo.
  • Temperança: moderação, equilíbrio entre o excesso e a carência.
  • Prudência: senso de precaução, medir as consequências antes de fazer.
  • Generosidade: colaborar, dar sem segundas intenções.
  • : acreditar em si mesmo e no outro que merece nossa confiança.
  • Humildade: reconhecer as próprias limitações, mas não por isso ser menor.
  • Bom humor: encontrar motivos para rir, inclusive de si mesmo, na dor.
  • Conhecimento: conhecimento sobre si mesmo e sobre o outro e sempre aprender.
E aí, gostou? Que tal montar o seu? Nem que seja a título de divertimento. Todavia, vai ajudar você a se conhecer melhor e, quem sabe, levar uma vida mais organizada, quando sobrará mais tempo para encarar o que acontece fora do planejamento.

Banner para demonstração gratuita do Scopi

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *