Objetivos estratégicos: o que são, como defini-los e exemplos

Para alcançar resultados satisfatórios, melhorar a competitividade e crescer de forma sustentável, é fundamental que a sua empresa tenha claro quais são os seus objetivos estratégicos. Afinal, eles servem para traçar o caminho ideal para chegar onde você almeja.

Neste post, abordaremos tudo sobre esses objetivos. Continue lendo e confira:

  • O que são objetivos estratégicos? 
  • Tipos de objetivos estratégicos
  • Exemplos de objetivos estratégicos
  • Principais etapas para a definição dos objetivos estratégicos 
  • Dica extra: conte com o suporte de um software de gestão estratégica

O que são objetivos estratégicos? 

Os objetivos estratégicos são metas que uma organização busca alcançar como parte de sua estratégia global. Eles estão alinhados com a missão e visão da organização e ajudam a orientar as ações e decisões em todos os níveis da organização.

Onde ela quer chegar? Portanto, devem estar relacionadas diretamente com a filosofia do negócio, principalmente com a visão. Afinal, a cada objetivo alcançado, a empresa estará mais perto de atingir sua visão de futuro.

Lembre-se que os objetivos devem ser claros, específicos, mensuráveis e, claro, realistas.

– Leia também: OKR: o que é e como implementar na sua empresa?

Tipos de Objetivos Estratégicos

Os objetivos normalmente se dividem em 3 níveis:

1. Objetivos Estratégicos

Estes são os objetivos de alto nível que definem a direção geral e o propósito de uma organização. Por isso, são definidos, em geral, pelos sócios da empresa.

Os objetivos estratégicos estão diretamente alinhados com a missão e a visão da empresa e são projetados para serem alcançados em um período de longo prazo (geralmente de 3 a 5 anos). 

Exemplos de objetivos estratégicos podem incluir expansão para novos mercados, lançamento de uma nova linha de produtos ou melhoria da rentabilidade geral, por exemplo.

2. Objetivos Táticos

São objetivos a médio prazo (geralmente de 1 a 3 anos) e geralmente são definidos de forma departamental. Ou seja, cada setor define os objetivos de sua área.

Os objetivos táticos são projetados para implementar a estratégia definida pelos objetivos estratégicos. Por exemplo, se um objetivo estratégico é expandir para um novo mercado, os objetivos táticos podem incluir a pesquisa desse mercado, a identificação de possíveis parceiros de negócios ou o desenvolvimento de um plano de marketing para esse mercado.

3. Objetivos Operacionais

São objetivos de curto prazo (geralmente de até 1 ano), podendo ser definidos de forma departamental ou individual. 

Os objetivos operacionais estão diretamente relacionados às operações diárias da organização. Eles são mais específicos e mensuráveis do que os objetivos estratégicos ou táticos.

Exemplos de objetivos operacionais podem incluir a melhoria da satisfação do cliente, o aumento da eficiência da produção ou a redução dos tempos de resposta ao cliente, por exemplo.

– Leia também: Planejamento estratégico, tático e operacional: guia completo para melhores resultados

Banner para o Infográfico 7 etapas do planejamento estratégico

Exemplos de Objetivos Estratégicos

  • Crescimento de Receita: Aumentar a receita em 20% ao longo dos próximos cinco anos;
  • Expansão Geográfica: Entrar em dois novos mercados internacionais nos próximos três anos;
  • Desenvolvimento de Produto: Lançar três novos produtos nos próximos cinco anos;
  • Crescimento de Mercado: Aumentar a quota de mercado em 10% nos próximos cinco anos;
  • Atração e Retenção de Talentos: Reduzir a rotatividade de funcionários em 15% e aumentar a satisfação dos funcionários em 20% ao longo dos próximos cinco anos;
  • Melhoria Operacional: Aumentar a eficiência operacional em 15% nos próximos três anos através da implementação de novas tecnologias e processos.

Principais etapas para a definição dos objetivos estratégicos 

Para elaborar objetivos e metas estratégicas para seu negócio, é importante seguir alguns passos, de modo a tornar esse processo mais assertivo e simplificado. Abaixo listamos algumas etapas-chave para elaboração dos seus objetivos.

1. Análise estratégica

A análise estratégica ajuda a responder a outra pergunta chave: Onde estamos? Compreende o estudo do cenário atual e futuro da empresa, levando em consideração os ambientes internos e externos.

Nesta etapa, todos os ativos da empresa, bem como suas estratégias passadas, devem ser avaliadas a fundo para reconhecer pontos de melhoria e o que ainda faz parte da realidade.

Aqui é interessante utilizar a Matriz SWOT. A metodologia serve para avaliar fatores como forças, fraquezas, ameaças e oportunidades e seus impactos no sucesso do negócio, além disso, ajuda a combinar os fatores para apontar em que estágio a empresa se encontra (Sobrevivência, Desenvolvimento, Manutenção, Crescimento).

2. Tenha claro a visão, missão e valores da empresa

É fundamental que seu negócio tenha bem claro qual é a sua visão de longo prazo, sua missão (o propósito central) e os valores que guiarão as ações e decisões.

Afinal, esses elementos servirão como base para o desenvolvimento dos objetivos estratégicos.

3. Utilize a metodologia Balanced Scorecard (BSC)

O Balanced Scorecard (BSC) é um termo que significa “Indicadores Balanceados de Desempenho” e é uma das metodologias mais utilizadas no mundo todo para facilitar a execução do plano.

O conceito do modelo de gestão BSC traz a contribuição de auxiliar que a definição de estratégias e planejamento sejam feita não apenas considerando os indicadores financeiros ou contábeis, mas com um olhar para o negócio da maneira mais abrangente.

O BSC também ficou muito conhecido por auxiliar as empresas a desdobrar a Missão, Visão e Valores.

Em resumo, além de mensurar todos os aspectos dos processos e ações do negócio, o método ainda permite:

  • Extração de dados para tomada de decisões;
  • Indicador de objetivos;
  • Mapa de ações futuras a longo prazo.

– Leia também: BSC e OKR: entenda qual método de gestão é o melhor para sua estratégia

Dicas gerais 

  • Monitore regularmente o progresso de seus objetivos estratégicos;
  • Certifique-se de que toda a equipe esteja alinhada e ciente de suas responsabilidade dentro do planejamento estratégico;
  • Seja flexível: adaptações podem e provavelmente serão necessários durante a execução dos objetivos, afinal, as condições do ambiente mudam e você deve estar preparado para lidar com isso da melhor maneira possível;
  • Aprenda com os erros e acertos percebidos durante o processo.

Dica extra: conte com o suporte de um software de gestão estratégica

Você sabia que existem plataformas que podem ajudar seu negócio na elaboração e atualização de um planificación estratégica? O software Scopi é uma delas.

A software de planificación estratégica traz um passo a passo que facilita a montagem do seu plano e ajuda no monitoramento da execução, com seus avisos e painéis de controle. 

Além disso, ele integra em um só lugar outras ferramentas importantes como a própria Matriz SWOT e a OKR, além do mapa estratégico, indicadores, metas, projetos e processos. Com o Scopi, fazer gestão é mais fácil e eficaz!

Banner para demonstração gratuita do Scopi

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *