Gestão colaborativa: vamos estimular o trabalho em equipe?

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
A VPN is an essential component of IT security, whether you’re just starting a business or are already up and running. Most business interactions and transactions happen online and VPN
Gestão colaborativa

Os locais de trabalho estão cada vez mais dinâmicos e conectados. Com isso, várias empresas estão adotando a gestão colaborativa. Você já ouviu falar sobre o assunto?

É sempre importante destacar que o capital social é um dos fatores de maior relevância no crescimento de um negócio. Afinal, funcionários motivados e eficientes são um valioso ativo.

Atentas a isso, algumas empresas começaram a entender que a estrutura hierárquica tradicional não era a mais eficiente. Assim, novos formatos estão sendo desenvolvidos, alinhados ao planejamento estratégico das empresas.

Quer entender como funciona a gestão colaborativa? Então continue a leitura para saber como estimular o trabalho em equipe.

Entenda o que é a gestão colaborativa 

A gestão colaborativa é uma maneira de gerenciar pessoas além das fronteiras funcionais e organizacionais. Ou seja, uma forma de trabalhar que valoriza aptidões e habilidades, dando autonomia e estímulo para o desenvolvimento.

Em ambientes de trabalho colaborativos, os gerentes não estão lá apenas para supervisionar os projetos e cobrar que as metas sejam cumpridas. Eles trabalham ao lado dos funcionários, sempre prontos para ajudá-los.

gestão colaborativa

Há uma nítida colaboração entre as equipes e departamentos, tudo em prol de  metas compartilhadas. Veja algumas de suas características:

  • as informações são compartilhadas, em todos os níveis da organização;
  • as equipes são multifuncionais e interdisciplinares;
  • cada funcionário tem uma voz e uma forma de contribuir para o sucesso da organização;
  • as decisões são tomadas em equipe, seja por consenso ou cocriação.

Ou seja, nessa estrutura, cada funcionário entende o que está acontecendo em outros departamentos. Ele reconhece o propósito compartilhado de sua organização e vê como sua função se encaixa nesse propósito abrangente. 

Vale dizer que, nessa estrutura, é papel dos gestores facilitar as relações colaborativas entre os departamentos.

Motivos para incentivar a cultura colaborativa

Mas, afinal, por que investir nessa metodologia de trabalho? Podemos listar inúmeros motivos, pois esse é um modelo que se alinha às demandas do trabalhador atual e das empresas inovadoras. 

Talentos estão em busca de empresas com gestão colaborativa. Mas isso não é tudo! Veja mais alguns benefícios!

Aumento da produtividade 

Uma gestão colaborativa promove uma força de trabalho mais interconectada, atualizada e engajada. O ambiente fica mais harmônico e leve sem perder de vista a busca pelos melhores resultados, o que motiva fazer mais com menos. ,

Maior engajamento com o trabalho

Com a facilidade de dar sugestões, o profissional se sente ainda mais motivado para trabalhar. Ele se sente parte do processo e compreende sua grande importância nos resultados obtidos — sejam eles positivos ou negativos. 

Melhoria da imagem empresarial

Em uma estrutura organizacional tradicional, as informações são acumuladas entre os escalões superiores da organização. Mas, na liderança colaborativa, há o incentivo de uma cultura mais aberta, o que atrai os olhares do mercado (clientes, investidores e possíveis funcionários).

Redução da rotatividade de funcionários

Um ambiente com essa estrutura reduz, senão evita, a rotatividade dos funcionários. Isso porque, uma empresa que adota a gestão colaborativa cria um clima mais atraente para os profissionais do futuro. 

Estímulo à inovação

Ficou claro que o ambiente de trabalho passa a provocar a autonomia. Como resultado, temos um grande estímulo para que o funcionário contribua com ideias inovadoras, que possam elevar a competitividade empresarial. 

Melhoria do clima organizacional

O compartilhamento de ideias e uma estrutura que promove a comunicação e motivação do profissional contribui também para melhorar o clima organizacional. Sendo assim, uma empresa que conta com a gestão colaborativa estimula um ambiente melhor para a equipe.

Estímulo ao diálogo e compartilhamento de ideias

Essa estrutura também fornece espaço para todos os tipos de comunicação e compartilhamento de ideias. Isso significa que ela ajuda as pessoas a se tornarem debatedores e mediar discussões com vozes ou ideias concorrentes.

Aprenda a implementar essa metodologia em seu negócio

Com tantos benefícios, deu para perceber que implementar a gestão colaborativa em uma organização faz toda a diferença para o alcance das metas estabelecidas no planejamento estratégico, certo? 

Agora,  vamos à parte prática, para que você aprenda a implantaressa cultura. Lembrando que implementar a gestão colaborativa requer uma mente aberta a novas ideias e abrir mão do excesso de hierarquias.

funcionários felizes na gestão colaborativa

Em síntese, cada funcionário terá um papel importante na construção e execução não só das atividade diárias mas das estratégicas da empresa.  Essa, aliás, é mais uma razão para investir nesse modelo de gestão. Várias cabeças pensando juntas são mais eficientes do que apenas uma! 

Confira as dicas para viabilizar esta ideia em seu negócio:!

Compartilhe o planejamento estratégico

Ao promover o compartilhamento do planejamento estratégico, os líderes criam uma cultura de inclusão e transparência. Assim, há um forte senso de propósito compartilhado e uma cultura organizacional mais coesa.

Isso exige que os líderes compreendam a necessidade de compartilhar alguns dados, que até então eram restritos a eles e também precisam criar  canais de comunicação abertos. A ideia é que todos saibam os porquês estão fazendo isso e aquilo  e como isso influencia nos resultados da empresa.

Um software de planejamento estratégico, como o Scopi, ajuda bastante neste processo. Isso porque, é capaz de manter as pessoas bem mais conectadas e integradas ao propósito e objetivos da empresa.

Estimule a confiança entre os colaboradores

Para o correto funcionamento da gestão colaborativa, os líderes precisam confiar em seu pessoal. Ao mesmo tempo, cada membro da equipe deve confiar em seu gestor e, também, nos seus colegas de trabalho.

Defina os papéis de cada funcionário

Definir os papéis de cada funcionário é entender como cada peça do quebra-cabeça se encaixa. Mas isso requer que o gestor conheça as habilidades e dificuldades de cada um de seus funcionários. 

Por outro lado, é importante dizer que equipes plurais e com diversas perspectivas e habilidades são um grande ativo. Afinal, quando todos trabalham em conjunto, conseguem ir muito mais longe.

Garanta que o ambiente seja favorável ao diálogo

Em ambientes de trabalho colaborativos, os líderes assumem um papel menos diretivo e mais participativo. O que isso significa?

Em resumo, eles podem montar as equipes dos projetos, mas não precisam ser donos deles e comandar tudo o que acontece. Ao contrário, eles estão disponíveis, auxiliam, mas dão autonomia para que o trabalho seja executado.

Como a tecnologia favorece a gestão colaborativa

A tecnologia é uma aliada do gestor e pode ajudá-lo a implementar a gestão colaborativa de forma segura e eficiente. Afinal, ela pode ajudar a manter as pessoas conectadas e a ter uma visão melhor de todos os processos.

Utilizar um sistema de planejamento estratégico, como o da Scopi, torna isso possível. Isso porque, ele tem todas as ferramentas necessárias e ainda permite que a equipe tenha acesso aos dados para desempenhar um bom trabalho.

Como ele, é possível:

  • fazer um diagnóstico estratégico do seu negócio;
  • definir objetivos;
  • criar e acompanhar metas e processos;
  • ter uma visão completa das atividades estratégicas e operacionais. 

Ficou interessado? Então veja abaixo como o Scopi pode te ajudar a implementar uma gestão colaborativa.

Com o Scopi você tem a visão do todo e de todos!!

No final das contas, a gestão colaborativa tem tudo a ver com definição de objetivos, distribuição de metas e criação de projetos estratégicos por área da empresa. Isso não significa o fim da hierarquia, mas o estímulo à inovação.

O Scopi auxilia tudo isso. Isso porque, é possível visualizar se os objetivos estão sendo alcançados, se as metas estão sendo atingidas, se os projetos e processos estão sendo executados no prazo e tudo de forma compartilhada. 

A comunicação e a integração ficam muito mais fáceis.  Peça uma demonstração e veja como o Scopi funciona!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.